Aprenda tudo sobre os principais elementos para criar uma landing page de sucesso no seu site. Veja mais sobre o assunto no blog da HostGator!

Você sabe como criar uma landing page? Se a resposta for não, este artigo é para você! Se for sim, também! Mesmo que você tenha experiência na criação dessas páginas, com certeza encontrará insights valiosos que poderão ajudar na estratégia de marketing do seu negócio. 

No marketing digital, as landing pages são muito utilizadas para divulgar algo: um ebook, um material rico ou um curso. E, na maioria das vezes, elas possuem um único objetivo: converter o usuário para uma venda. É por esse motivo que elas também são chamadas de página de conversão ou página de aterrissagem. 

Neste artigo, você conhecerá o que é landing page, seus elementos principais e o que deve ser levado em conta nesse processo, além de dicas de ferramentas para a criação de uma página ideal para vender seu produto ou serviço. 

O que se deve pensar ao desenvolver uma landing page?

Se você trabalha na área de marketing digital, sabe que uma etapa fundamental para construir a presença digital do negócio é ter um site — e uma ótima homepage! O site é onde o usuário encontra a história da empresa, serviços e produtos, contatos e outras informações essenciais. 

Contudo, se o objetivo é gerar leads, referências ou vendas, é de uma landing page (LP) que você precisa. As melhores landing pages são usadas para direcionar os visitantes à conversão, levando-as a realizar alguma ação específica: cadastrar-se no mailing, fazer uma compra ou baixar um e-book.

Independentemente do objetivo da conversão, haverá um “chamado para ação”, ou seja, um call to action (CTA). Quando bem-feito, o processo de como criar uma landing page aumenta consideravelmente as chances de sucesso. É o que explica Darlan Evandro, parceiro da HostGator, no vídeo abaixo: https://www.youtube.com/embed/E9ZO3YsHQzw?feature=oembed

De acordo com ele, se você tem um ebook de como criar tapetes decorados, por exemplo, e divulga isso na página inicial do seu site, poucas pessoas deve, se interessar por esse conteúdo. Já se você direcionar pessoas qualificadas para uma landing page, as chances de conversão são maiores.

Assim, para que o seu case seja um dos exemplos de landing page de sucesso, é necessário ter alguns pontos em mente — e a escolha do tema ou design é apenas um deles. Abaixo, você confere o que deve ser considerado ao criar uma página de destino: 

Defina seu objetivo

Identifique a ação que você deseja que o cliente realize na LP e permaneça consistente neste objetivo, em todos os detalhes. 

Crie um design cativante

Um design atraente fará com que os clientes permaneçam na sua página e os instigará a querer saber mais. 

Crie uma hierarquia visual 

Decida quais elementos são mais importantes e destaque-os. No tópico a seguir, você verá mais informações sobre os elementos de uma LP. 

Gere ação com um CTA

Deixe claro para os visitantes do LP o que eles devem fazer. O CTA deve ser claro e fornecer um ponto de partida sólido. 

Invista no copy  

O copy nada mais é que o texto escrito com fins de publicidade. Por isso, mantenha o seu sucinto e informativo, com hierarquia e guias de leitura que farão com que o usuário continue lendo seu texto. 

Otimize a página

Algumas pessoas costumam achar que, por serem páginas curtas, as LPs não precisam investir num bom SEO. Essas pessoas estão enganadas! Assim como qualquer outra página da internet, as landing pages precisam ser otimizadas para mecanismos de busca 

Destaque o valor 

Por falar em copy, não tenha medo de ser direto! Lembre-se que você criou a LP por um motivo, então se atente a esse objetivo (lembra da primeira dica?). Deixe as pessoas saberem o que irão ganhar caso optem por clicar no seu CTA. 

Utilize imagens

Encante os usuários com visuais impactantes. Aproveite as imagens para construir o storytelling que você quer contar.   

Principais elementos de uma landing page

Agora que você descobriu os pontos que devem ser considerados no processo de como criar uma landing page do zero,  chegou a hora de conhecer os elementos que fazem com que ela seja assertiva. Para isso, é necessário responder à pergunta: “O que torna essa oferta tão especial?” 

As LPs precisam refletir essa proposição de maneira sucinta e objetiva, para que os usuários entendam imediatamente a proposta de valor do seu produto ou serviço. 

Os elementos que comunicam essa proposta para construir landing page de valor são: 

Título

É o primeiro elemento que os usuários verão. Assim, é fundamental que ele descreva exatamente o que seu futuro cliente irá obter de seu produto ou serviço. 

Texto de apoio

Como os títulos precisam ser curtos, o papel do texto de apoio (ou subtítulo) é fornecer a informação extra. Contudo, não se empolgue: assim como o título, o texto de apoio precisa ser curto.

Nos exemplos de landing pages que você encontra por aí, verá que o texto de apoio pode ter duas abordagens: (1) atuar como uma extensão direta do título, finalizando ou complementando uma ideia e (2) oferecer valor adicional, nesse caso a mensagem será persuasiva, ainda que relacionada ao título.

CTA

A página de destino deve se concentrar em apenas uma meta de conversão – ou então não é uma página de destino. Assim, o usuário só tem duas opções: realizar a ação do CTA ou não. 

O CTA é composto pela frase de chamariz, que pode ser um botão independente ou um formulário projetada para captura de leads. projetada para geração de leads. Uma dica aqui é evitar textos frios como “clique aqui” ou “enviar”. Aposte na linguagem coloquial para informar o benefício que o usuário terá ao realizar a ação do CTA!

Formulário

Uma parte importante de como criar uma landing page é saber como usar um formulário. Nos casos de LP que utilizam formulários, é importante mantê-los curtos e incluir uma declaração de privacidade (a LGPD já está em vigor!), que garanta que os dados do usuário estarão seguros. 

Naturalmente, você deseja coletar o máximo de dados possível dos usuários, mas lembre-se que quando se trata de LP menos é mais: quanto menos campos, mais chances você tem de converter aquele usuário. Peça apenas o essencial.

Prova social

É a influência que as pessoas têm nas decisões umas das outras. No processo de como criar uma landing page, a prova social assume a forma de estudo de caso, entrevista ou depoimento, avaliações de outros usuários, logotipos de clientes e outros.

A prova social é uma ferramenta poderosa, mas que deve ser usada com cuidado. Lembre-se de ser honesto e específico com seu cliente. Sempre que possível, dê a eles quem, o quê, quando, como e por quê o valor que a LP está prometendo será entregue a ele.  

Texto de fechamento 

Ainda que opcional, um texto de fechamento é importante pois fornece apoio à sua proposta de venda e dá ao usuário “a última chance de conversão”. Esse texto é o clímax do seu storytelling, por isso, faça valer a pena! 

Como criar uma landing page?

Sobre como criar uma landing page, você possui algumas opções disponíveis no mercado: contratar um profissional que seja especialista nisso, criar uma do zero utilizando programação ou utilizar ferramentas gratuitas que facilitam este processo. 

Pensando neste último item, separamos algumas dicas de ferramentas que podem ser usadas para criar uma landing page de sucesso. 

Estrutura landing page
Exemplo de estrurura para Landing Page

WordPress

Se você já possui um site WordPress, criar uma landing page é muito fácil! Basta ir até o painel de controle e acessar o menu “Páginas”. Em seguida, clique em “Adicionar Nova” e em “Adicionar Bloco”, localizado no canto superior esquerdo da página. 

Depois, você precisará inserir os elementos de design. Se tiver dúvidas, é só voltar alguns tópicos neste artigo. Lembra que falamos sobre isso? Depois, clique em “Publicar” e pronto! Sua LP estará disponível no painel de controle.

Agora, vá até “Aparência”, clique em “Personalizar” e escolha a configuração de “Página Estática”. Depois, defina o modelo da LP como “Página Inicial”.  

Outra opção para desenvolver LPs no WordPress é utilizando plugins. O Beaver Builder, por exemplo, permite que você crie facilmente uma página inicial usando modelos prontos Primeiro, você precisa instalar e ativar o plugin. Após a ativação, você deverá visitar a página Configurações »Beaver Builder para definir as configurações do plugin.

Com o plugin WordPress Landing também é possível criar páginas de destinos. Este plugin foi criado tendo como base as práticas de inbound marketing, ideal para atrair e converter mais leads. 

Google Sites 

O Google Sites é um dos produtos menos conhecidos do Google, mas é um dos melhores quando se trata de como criar landing pages. Todos os temas possuem a mesma aparência básica: cabeçalho gráfico com o título da página e seções de texto, imagens ou arquivos. 

As opções de layout facilitam a adição de imagens e textos bem formatados, e você pode incorporar qualquer funcionalidade Google. É possível personalizar as cores e a tipografia, de modo a construir qualquer página de destino. Contudo, o design da sua LP não será totalmente único. 

Mailchimp

Muito utilizado para disparo de email marketing, o Mailchimp é ótimo para construção de landing pages. Para começar, vá em “Criar” e depois em “Página inicial”. Dê um nome à construção, selecione seu público e clique em “Iniciar”. 

O Mailchimp usa um sistema de blocos, assim você pode arrastar e reposicionar textos, imagens e formulários. Quando terminar, clique em “Salvar” e em “Publicar”.  

Agora que você sabe como criar uma landing page, não esqueça que ela é uma página simples cujo objetivo é converter. Se você possui um e-commerce, saiba que elas são essenciais! Para ir um pouco mais além, você pode otimizar sua LP com SEO, monitorar o desempenho usando o Google Analytics ou uma ferramenta de testes A/B. 

Não deixe de nos mostrar o resultado da sua landing page!