PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE SITES PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS:

Ser registrado com um domínio próprio
É importante que o site da sua empresa tenha um domínio próprio — ou seja, um endereço na web registrado, que direcione para a página desenvolvida. Isso não quer dizer que você não possa desenvolver o seu site em plataformas como o WordPress ou o Joomla, mas que não deve utilizar o domínio gratuito disponibilizado por eles.

O ideal é que você compre um domínio próprio — como “sitedaempresa.com.br”. Essa compra é feita por meio do portal do Registro BR, o órgão governamental que regula o registro de domínios. Para fazer e manter o registro, basta pagar uma taxa anual.

Seguir a identidade visual da marca
O seu site também deve seguir a identidade visual da sua marca — como as cores, tipografia e outros elementos gráficos. Essa questão do layout é muito importante, uma vez que faz com que os usuários identifiquem rapidamente que se trata do site da sua empresa ao visualizar a página.

Algumas plataformas gratuitas para desenvolvimento de sites, como o WordPress, possibilitam o uso de templates totalmente personalizáveis, de modo que podem ser aplicados no design as cores do padrão visual da sua marca.

Ter um servidor adequado para pequenas e médias empresas
O servidor nada mais é do que o local no ciberespaço em que o seu site está hospedado. Assim, é necessário que as pequenas e médias empresas contratem um bom serviço de hospedagem para que o site não apresente erros — como lentidão no carregamento — para o usuário, por exemplo.

Existem diversos tipos de hospedagem: alguns são mais limitados e outros oferecem mais espaço. Geralmente, as pequenas e médias empresas, que têm apenas um site institucional com alguns textos e imagens cadastrados não necessitam de uma hospedagem muito robusta.

No entanto, empresas que precisam disponibilizar muitas informações no site precisam de um espaço maior. Um e-commerce, por exemplo, que precisa disponibilizar muitas fotos, vídeos e textos descritivos dos produtos que vende, necessita de mais espaço.

Ser responsivo
Um site responsivo é aquele se adapta perfeitamente ao tamanho da tela em que é acessado. Assim, uma pessoa que acessar o site da sua empresa por meio de um celular com a tela pequena terá uma experiência tão agradável quanto a de um usuário que acessar a página em um computador com a tela grande.

Como cada vez mais os dispositivos móveis — como smartphones e tablets — estão sendo utilizados pelos internautas que fazem pesquisas sobre empresas, produtos e serviços na web, é fundamental que o site das pequenas e médias empresas tenha responsividade.

Além disso, o Google já dá preferência para mostrar sites responsivos em buscas orgânicas em seu site de pesquisas. Logo, se a sua página não for responsiva, ela pode não ser mostrada para as pessoas que utilizam esse buscador.

Ter uma boa usabilidade
Além de ser responsivo, o site das empresas de pequeno e médio porte também deve proporcionar uma boa usabilidade aos seus visitantes.

Isso quer dizer que o layout precisa ser pensado de maneira estratégica para que as pessoas saibam como interagir com a página na primeira visita.

Voltando ao exemplo do e-commerce, mesmo que ele tenha uma excelente descrição e uma bela foto de um produto, tudo será em vão caso o layout não seja intuitivo. O usuário não fechará negócio com a empresa se a navegação não for simplificada e clara.

O mesmo vale para outras ações como o preenchimento de formulário de contato. Por isso, o site precisa ser desenvolvido com base em pesquisas feitas com representantes do público-alvo da empresa e adotando os princípios da chamada arquitetura da informação.

Para testar a usabilidade de um site podem ser feitos os chamados testes A/B, em que duas variáveis diferentes são apresentadas para um grupo de pessoas. Assim, você pode posicionar botões e ícones do site em diferentes locais do layout ou então testar diferentes cores, por exemplo. A ideia é diagnosticar qual das situações é mais intuitiva para adotá-la permanentemente no site.

Adotar os princípios do SEO
As técnicas de SEO são utilizadas para ranquear o site em buscadores como o Google, o Bing e outros. Trata-se de um método no qual é necessário seguir uma série de critérios de programação, design e produção textual para que o site se destaque nas pesquisas.

Assim, se você estiver desenvolvendo um site para uma loja de calçados, por exemplo, pode trabalhar no texto de apresentação do site palavras-chave como “loja de calçados na cidade X”. Isso faz com que a sua página seja mostrada para as pessoas que fizerem buscas com esses termos na internet.

Leave a comment